Importância do Diagnóstico - Dor Da ou Na Coluna Lombar?

A dor lombar é uma manifestação clínica comum em adultos podendo também acometer adolescentes e em menor proporção crianças.

É considerada aguda quando apresenta duração inferior a 4 semanas.Caso a dor persistir por até ou mais que 12 semanas, é considerada crônica.
Entre as principais causas de dor aguda temos: hérnia de disco, fraturas de corpos vertebrais, estiramento muscular ou ligamentar e doenças das articulações interapofisárias posteriores. Estas dores poderão evoluir para um processo de cronificação.

É importante conscientizar o paciente dos fatores de risco que devem ser levados em consideração ao nos depararmos com um indivíduo que apresente dor de coluna:


• idade;
• estilo de vida (vida sedentária e tabagismo);
• exercícios inapropriados ou a não realização dos mesmos;
• sobrepeso e obesidade;
• desobediência às regras básicas de postura;
• já ter apresentado dor previamente.

Tipos de irradiação da dor


• Nas espondiloartropatias a dor se irradia para as nádegas;
• Nas síndromes facetárias (articulações interapofisárias posteriores) a dor pode se irradiar para as coxas, não ultrapassando os joelhos;
• Nas compressões radiculares, a dor obedece ao trajeto de uma raiz nervosa;
• As hérnias discais podem apenas causar dor lombar sem que haja irradiação para os membros inferiores, principalmente quando apresentam localização central. Também se manifestam por irradiação aos membros inferiores (ciáticas) e ou associação de ambas (lombocolotomias).

Nosso objetivo é realizar um tratamento diferenciado para pacientes com dor. Nosso atendimento tem como razão principal realinhar e reorganizar o equilíbrio ósteomuscular corporal completo, com manobras manuais específicas para cada região do corpo.